EQUIPE
 
Jorge Kuhn

Médico formado pela Universidade de Mogi das Cruzes (1978), fez Residência em Ginecologia e Obstetrícia na Casa Maternal e da Infância Dona Leonor Mendes de Barros (1979-1981), com Mestrado em Obstetrícia pela Escola Paulista de Medicina (1987), desde 1988 é Professor Assistente do Departamento de Obstetrícia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Um Fellowship em Medicina do Parto na Alemanha em 1991 e sua engajamento no movimento da Humanização do Parto foram dois importantes marcos em sua carreira. Hoje ensina e pratica a atenção humanizada, ativa e baseada em evidências científicas à mulher antes, durante e após a gravidez, em que a mulher é protagonista. Casado com a ginecologista e obstetra Esmerinda Cavalcante, a Mema, tem três filhos: Renata, Clara e Otávio. Livros, filmes, cinema e teatro estão entre suas atividades de lazer favoritas.

Andrea Campos

Formada em medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes em 2001, Andrea procurou direcionar sua prática para a área de ginecologia e obstetrícia desde os anos de faculdade. Ganhou experiência em atendimento ao parto durante o estágio acadêmico no Hospital Escola de Vila Nova Cachoeirinha e a residência médica no Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros. Fez o terceiro ano opcional de residência médica no Hospital Pérola Byington, com ênfase em Oncologia Pélvica e Mastologia. Durante cinco anos, atendeu como ginecologista e obstetra no Hospital Geral de Pedreira e na ONG Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde. Em 2004, iniciou o atendimento em consultório com ênfase em parto humanizado/ Medicina Baseada em Evidencias, tendo atendido desde então cerca de 1200 partos, mantendo uma taxa de cesárea em torno de 13%, dentro da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), índice que inclui pacientes de alto risco e risco habitual. Estuda Antroposofia desde 2008, tendo realizado o X Curso Básico de Medicina Antroposófica da Associação Brasileira De Medicina Antroposófica, o curso de Saúde da Mulher sob a visão da Medicina Antroposófica da Unifesp e Farmácia Antroposófica na Farmantropo. Por acreditar que corpo, mente e espirito estão em integração e devem ser tratados como um todo, e que a alimentação e um estilo de vida saudável tem grande impacto na saúde, tem se aprofundado nesse tema e esta cursando atualmente pós graduação em Bases da Medicina Integrativa no Hospital Israelita Albert Einstein. É sócia fundadora da Casa Moara, onde realiza atendimentos desde 2010. Adora atender partos, estudar e se atualizar, entrar em contato com a natureza, praticar yoga, andar de bicicleta e viajar. 

 
 

Médica formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco em 1979, mudou-se no ano seguinte para São Paulo, onde passou a atuar no serviço de obstetrícia e ginecologia da então Casa Maternal e da Infância Dona Leonor Mendes de Barros. Foi lá, onde trabalhou até o início da década de 1990, que conheceu o obstetra Jorge Kuhn, com quem se casou e teve três filhos: Renata, Clara e Otávio. Em 1982, passou num concurso para a Prefeitura de São Paulo e ao longo dos anos seguintes atuou em diversos hospitais, foi chefe de Unidade Básica de Saúde e hoje faz parte do programa Mãe Paulistana. Na Casa Moara atende consultas de ginecologia, além de auxiliar os demais médicos em partos humanizados. Única mulher numa família de seis filhos, nasceu em casa, antes mesmo da chegada da parteira. Por isso, sua mãe costumava dizer que ela foi ligeira, até para nascer.

Mema Cavalcante

Obstetriz, graduada em enfermagem, com especialização e mestrado em obstetrícia pela Universidade de São Paulo (USP), Márcia só descobriu sua verdadeira vocação após seu parto. Decidida a abraçar a nova profissão, engavetou o diploma de advogada pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Na parte prática, sua grande escola foi o Amparo Maternal, maternidade com o maior volume de partos de São Paulo, onde atuou desde a faculdade. Em 2004, em parceria com a enfermeira obstetra Priscila Colacioppo, criou a Primaluz Parteiras Contemporâneas. Em 2005, a dupla atendeu seu primeiro parto domiciliar, opção cada vez mais procurada,  No mesmo ano, iniciou a parceria com os médicos obstetras Jorge Kuhn e Andrea Campos, que se consolidou em 2009 com o trabalho conjunto na Casa Moara.

Márcia Koiffman
 
 

Formada em Obstetrícia pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP) em 2009, Priscila concluiu o mestrado e atualmente cursa o doutorado pela Faculdade de Saúde Pública da USP. Sonhava em trabalhar com “partos humanizados” desde a faculdade, mas foi depois de parir Laura em sua casa que o sonho tornou-se um objetivo. Ao final da licença maternidade, dedicou-se a essa atuação e passou a ajudar outras mulheres nesse processo, oferecendo o mesmo cuidado que recebeu. Atualmente, integra a diretoria da ONG Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde, atua na assistência à gestação, parto e puerpério no grupo Parteiras La Mare e no ambulatório do Coletivo Feminista. Desde abril de 2015, integra o quadro de sócios da Casa Moara, trabalhando em atendimentos de partos hospitalares e domiciliares em parceria com os profissionais da Casa.

Priscila Raspantini 
 

Obstetriz formada pela Universidade de São Paulo em 2011, Natalia Rea descobriu e se apaixonou pelo parto humanizado após o nascimento da sua filha Helena, em 2005. Naquele momento, sentiu um chamado para a carreira e passou a atuar como doula. Filha de médicos e pesquisadores reconhecidos em suas áreas de atuação, em pouco tempo sentiu o desejo de tornar-se parteira. Desde então, trabalha com as principais referências do parto humanizado do Brasil, participa na IBFAN (Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar), compõe o Conselho da ReHuna (Rede pela Humanização do Parto e do Nascimento) e apoia a produção de vídeos sobre amamentação, feitos pelo Ministério da Saúde. Em 2015, incorporou o quadro de sócios da Casa Moara, passando a atuar em parceria com os médicos obstetras Jorge Kuhn, Esmerinda Cavalcante e Andrea Campos, nos atendimentos aos partos hospitalares, e com a enfermeira obstétrica Marcia Koiffman e Priscilla Raspantini, nos partos domiciliares. 

Natalia Rea
Andrea Carreiro

Nascida em Osasco (SP), formou-se em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP (2004) e, ali, realizou residência médica em Obstetrícia e Ginecologia. Nesse período, transitou por diversos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), na região de Campinas (SP). Dando sequência aos estudos, especializou-se em Sexualidade Humana pela Universidade de São Paulo (USP) e fez Mestrado em Sexualidade e Anticoncepção, novamente pela UNICAMP. Ainda no segundo ano da faculdade, em um plantão na Santa Casa de Valinhos, Andréa acompanhou um trabalho de parto pela primeira vez: de tão tocante, a experiência semeou o desejo de fazer daquela vivência uma verdadeira missão. Os anos se passaram e a sensação de ter se encontrado na Obstetrícia virou uma convicção. A resposta sobre que caminho seguir, no entanto, foi construída aos poucos, em especial a partir de seu casamento com o Renato e o nascimento de suas duas filhas, Mariana e Melissa, a quem dedica todo seu tempo livre. Sempre em busca de evolução pessoal, adotou novos hábitos, apaixonou-se pela yoga, intensificou as escapadas para a natureza, tornou-se vegetariana e passou a se envolver com o universo da humanização. Foi aí que descobriu seu grande propósito de vida. A convite da obstetriz Ana Cristina Duarte, passou a atender no GAMA e, agora, passa a integrar a equipe da Casa Moara, reforçando, assim, a sua própria história de empoderamento – como médica e como mulher.

 
Renata Kuhn

Médica formada pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP (2008), instituição em que também realizou Residência Médica (2009-2011) e Mestrado (2013-2015) em Pediatria

Geral e Comunitária. Apaixonada pelo olhar amplo da Pediatria, identifica-se com a abordagem humanizada e global de seus pacientes, entendendo-os como parte de uma família, história, cultura e sociedade. Filha de Mema e Jorge, espelha-se na paixão de seus pais pela Medicina, que desde cedo a encanta e a impulsiona em

sua trajetória. Esposa de Eduardo, seu grande parceiro desde o início do curso de Medicina. Mãe de Gabriel e de Catarina, nascidos em 2013 e 2016, respectivamente, o que faz com que aumente ainda mais seu encanto por temas como crescimento, desenvolvimento e aleitamento materno. Iniciou seu curso em Medicina Antroposófica em 2016 para ampliar mais ainda seu olhar sobre o universo das crianças, para questões que vão além das meramente físicas. Gosta de viajar, ler um bom livro, estar com a família e amigos, o que faz com que encare a vida de forma simples e bela.

 
Daniela Andretto

Psicóloga especializada em psicologia hospitalar e em intervenções com famílias, com mestrado pela Faculdade de Saúde Pública da USP, doula e conselheira em aleitamento materno, Daniela atuou durante 10 anos em maternidades, com projetos de humanização de atendimento e aleitamento materno. Acredita que a qualidade da assistência e apoio recebidos durante a gestação, parto, nascimento e início da vida são preciosos para a contribuição da vinculação nas relações humanas e construção de uma sociedade mais acolhedora. Na Casa Moara oferece atendimento psicoterapêutico, aconselhamento em aleitamento materno (inclusive domiciliar), além de ajudar a coordenar os grupos de gestantes e grupo de pós-parto. É uma tia coruja apaixonada por seus sobrinhos e sente-se feliz e agradecida por acompanhar cada nascimento e cada família em seu despertar e reconhecimento.

 

Fisioterapeuta e Professora do Curso de Fisioterapia da UNIFESP BS, Míriam começou a trabalhar com gestantes na Unifesp em 1998, tratando dores lombares. Encantada com as modificações do organismo feminino na gravidez, resolveu se dedicar ao tema. Fez mestrado em reabilitação do assoalho pélvico e, no doutorado (ambos na Unifesp), estudou o impacto do parto vaginal sobre o períneo, e como amenizá-lo com o uso do aparelho Epi-no durante a gestação. Considera o nascimento de Enrico, em 2004, o momento mais importante e iluminado de sua vida. Atualmente, presta consultoria eventual na Casa Moara. Nas horas livres, prioriza leitura, atividade física, cinema e os programas e viagens em família e com os amigos.

Míriam Zanetti
 
 

Médico pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Ronaldo teve seu primeiro contato com a medicina antroposófica na Clinica Tobias, em São Paulo, ainda durante a faculdade. Depois de formado, trabalhou por dois anos no interior de Minas Gerais antes de retornar a Juiz de Fora, onde atendeu em clínicas antroposóficas por 17 anos. Em 1993, iniciou sua formação como aconselhador biográfico e atualmente é diretor da Escola Livre de Estudos Biográficos, local de formação desses profissionais. A educação dos filhos Ivan e Isadora dentro dos princípios da pedagogia Waldorf ajudou a consolidar suas escolhas profissionais.

 

Ronaldo Perlatto
 

Nutricionista formada pela USP, com Mestrado pela Unicamp. Professora de graduação e pós-graduação em nutrição no Brasil, Chile e Panamá, foi nutricionista da ONU para a América Latina e o Caribe. Autora de diversas publicações científicas em comportamento alimentar, metabolismo, nutrição materno-infantil, obesidade, atividade física e saúde. Possui formação em Programação Neuro-Linguistica (PNL) e Psicologia e realiza atendimentos com técnicas da nutrição comportamental. Mãe de Lucas e do Tiago, nascidos em 2011 e 2016, acredita que o processo gestar e parir aumentou sua sensibilidade e capacidade para compreender e ajudar as pessoas. Na Casa Moara, oferece consultas individuais e planejamento de cardápios para gestantes, mães que amamentam, bebês, crianças, adultos em geral e atletas que buscam melhorar a saúde, a qualidade de vida e o desempenho físico através da alimentação prazerosa e da nutrição balanceada.

Rachel Francischi
 

Fisioterapeuta formada há 10 anos, se especializou em Fisioterapia Músculo-Esquelética pela Santa Casa de São Paulo e começou a trabalhar com Pilates, iniciando assim o interesse em estudar o assoalho pélvico. Fez aprimoramento na Saúde da Mulher no Hospital Maternidade Leonor Mendes Barros, trabalhando principalmente na Uroginecologia. Quando sua irmã engravidou, se apaixonou pela Obstetrícia e fez Mestrado na UNIFESP a respeito do “Epi-no”, comparando gestações únicas e gemelares. Atualmente, cursa o Doutorado na mesma linha de pesquisa, iniciada pela Dra. Miriam Zanetti, que está entre seus orientadores.

Juliana Kubotani

Sócia da Casa Curumim, é formada em medicina pela PUC-Campinas e residência médica em Pediatria com área de atuação em Neonatologia pela Santa Casa de São Paulo. Trabalhou durante 10 anos em hospitais públicos em UTI Neonatal, alojamento conjunto e ambulatório de prematuros, onde adquiriu experiência em aleitamento materno. Atualmente atende como Pediatra na Casa Curumim, Médica Neonatologista da UTI Neonatal da Maternidade Pro Matre Paulista e realiza assistência aos recém nascidos de partos naturais. Adora viajar e sair com a família e amigos. Mãe do Pedro de 7 anos.

Ana Paula Martins
 

Formada em medicina pela Santa Casa de São Paulo em 1986, com residência em Pediatria pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP. Possui título de especialista em Pediatria com habilitação em Neonatologia pela Sociedade Brasileira de Pediatria. É Especialista em Aleitamento Materno pelo International Board of Certificied Lactation Consultant desde 2006. Tem formação em Psicanálise com Crianças pelo Instituto Sedes Sapientiae. Sua experiência profissional inclui anos em unidades neonatais, trabalho ativo em humanização do atendimento de mães e bebês, atividades em Saúde Pública e também em pronto-socorros infantis.

Nídia de Castro Bastos
 

É formada em Medicina com especialização em Pediatria e Neonatologia pela Universidade de São Paulo. Possui título de especialista em Pediatria, Neonatologia e Terapia Intensiva Pediátrica. Fez Pós-Graduação em Administração Hospitalar pela Fundação Getúlio Vargas. Desde o início de sua carreira, trabalha com uma linha de cuidado aos bebês e aos pais que prioriza o parto normal, a humanização do atendimento e o apoio ao Aleitamento Materno, experiência adquirida nos Hospitais Estaduais Vila Alpina e Sapopemba. Neste último, atuou como coordenadora e foi uma das responsáveis pela implantação da Iniciativa Hospital Amigo da Criança, o qual tem como principal objetivo a promoção do Aleitamento Materno. Ainda como coordenadora, trabalhou em prol de projetos, buscando a participação da família nos cuidados ao bebê internado em UTI, tais como a visita de irmãos menores de idade, Mãe Ganguru – colocando o bebê em contato pele a pele com os pais -, acesso 24 horas dos pais à UTI, banho de ofurô além de outros procedimentos que visam a humanização dos cuidados aos bebês e pais. Trabalhou na UTI Neonatal do Hospital Pro Matre Paulistana e atualmente, é sócia da Casa Curumim, atua como Pediatra em consultório e realiza assistência ao recém-nascido e pais no momento do parto e pós-parto.

Tiemi M. Yoshida
 

Psicóloga clinica pela PUC/SP e psicanalista pelo Sedes Sapientiae, especialista no atendimento a gestantes e mães no pós-parto. Especialista em psicologia hospitalar pelo HC de São Paulo e, por oito anos, trabalhou como psicóloga na maternidade Amparo Maternal. Na Casa Moara, co-coordena o grupo terapêutico de pós- parto. Realiza oficina para  avós,com o objetivo de instrumenta-las, com reflexão e conhecimento atualizado, a oferecer apoio aos seus filhos,na ocasião do nascimento dos seus netinhos.Consultora do sono materno- infantil pelo International Maternity Institute (IMI). Realiza atendimento psicológico no consultório  á gestantes,pós parto e casais . Mãe de 3 filhas, casada, adora estar com a família, conversar, sair com amigos, ler, passear, viajar, ir ao cinema e assistir a espetáculos de dança contemporânea.

Maiana Rappaport
 
Marcelo Ayoub

Formado na Faculdade de Medicina de Santo Amaro em 2000, fez residência de pediatria e neonatologia na Santa Casa de São Paulo. Começou a trabalhar em maternidades e UTIs neonatais da cidade de São Paulo, sempre se  atualizando , participando de cursos e congressos de pediatria e neonatologia. Porém, com o passar dos anos , percebeu que a assistência ao paciente tornou-se muito fria , mecânica e generalizada com todos seu protocolos e sua burocracia, foi quando encontrou e iniciou a especialização em Medicina Antroposófica , a qual permite ter uma visão ampliada do ser humano e fazer um atendimento mais humanizado e individualizado dos seus pacientes e suas famílias.

 

Fisioterapeuta Osteopata  formada pela Escola de Osteopatia de Madrid (CREFITO 3 57866-F). Atua como monitora da Escola de Osteopatia de Madrid e é coordenadora da Secretaria da Associação dos Osteopatas do Brasil – AOB .
Atuou como supervisora da Pratica Profissional Supervisionada em Osteopatia pela EOM e fez pós-graduação em Terapia Manual pela Escola de Terapia Manual e Postural.

Tonia Costa
 
 
Marília Toledo

​Mãe do Frederico e da Violeta, Marília Toledo nasceu em 1976, é casada com o Gustavo, paulistana e quase vegana. Formada em medicina pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP em 2001, com  especializações e mestrado pela UNIFESP e pela FSP/USP, trabalhou em diversos serviços privados e públicos de referência como psiquiatra de adultos, psiquiatra infantil e psicoterapeuta.
Em consultório particular (também em psiquiatria, mas prevalentemente como psicanalista) atua há 15 anos com a primeira infância, família, casal e relação mãe-bebê. Embora já atuasse nesse campo profissionalmente, após ter sua vida pessoal ressignificada pela maternidade, compreendeu ainda mais a necessidade do olhar e da escuta profissionais especializados e iniciou novas formações (Instituto Gerar, Gama, Associação Brasileira de Medicina Antroposófica) passando a dedicar-se também à psiquiatria perinatal e à educação parental  (com base na criação com apego e disciplina positiva). Atende gestantes, puérperas, casais, famílias e crianças, acolhendo questões emocionais relacionadas à perinatalidade (gravidez/ puerpério), parentalidade, relações familiares e do casal parental assim como questões do desenvolvimento, "comportamento" e saúde mental infantis.
Gosta de escrever e contar histórias, costura bonecos de pano e se aventura na culinária, principalmente na confeitaria.

Gabriela Halpem

Mãe de Marcos e Flávia, é nutricionista especializada em acompanhar  mulheres em suas diferentes fases da vida: preparo para a gravidez, gestantes e lactantes, mulheres com endometriose, síndrome do ovário policístico, infertilidade.


Gabriela é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo (1998) e professora do curso de prática clínica em Materno Infantil, do Grupo Gerar e do Grupo de Nutrição Materno Infantil desde 2014. Especialista em Fitoterapia pela Abran. Também fez pós-graduação Fitoterapia Integrativa pela Famatec - Brasilia e especialização latu sensu em Nutrição Clínica Funcional pela VP/UNICSUL 

Mestre em Ciências Aplicadas pelo departamento de Pediatria da UNIFESP/ EPM 

Especialização em Adolescência para Equipe Multidisciplinar, no Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente - UNIFESP/ EPM 

 

 
Tatiana Pelaes

Médica formada pela Universidade Federal do Pará (2011), fez residência de Clínica Médica na Escola Paulista de Medicina – UNIFESP (2013) e de Endocrinologia e Metabologia no Hospital das Clínicas da FMUSP (2015). Atualmente cursa o doutorado no programa de Endocrinologia na FMUSP, onde estuda doença renal em pacientes com diabetes.   

Trabalha com medicina ambulatorial e hospitalar. Faz parte da equipe de

endocrinologia do Hospital São Luiz Morumbi e do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim. Acredita que saúde e bem estar estão diretamente ligados a alimentação saudável, qualidade do sono, prática de exercícios físicos, atividades de lazer e espiritualidade. 

Após o término da residência realizou um tratamento médico no qual precisou de

algumas internações e cirurgias. Essa experiência, como paciente, trouxe um grande aprendizado, “o de estar do outro lado”, vivenciar o “cuidar e ser cuidado”, que permitiu aprimorar sua dedicação a um atendimento humanizado. 

Adora tomar café, ler um bom livro, estar com sua família e amigos, viajar e se

aventurar em cursos fora de sua área, como culinária e comunicação. 

 

 
 

Em 2008 se tornou mãe e a fisioterapeuta ingressou seus estudos no mundo materno-infantil. Fez pós-graduação em Método Pilates e Saúde da Mulher, aprofundou e se especializou  em Terapia Craniossacral, Preparação para o parto e Educação Perinatal. Possui diversas formações em Consciência Corporal e Liberações Somato Emocionais. Atualmente está se especializando em Osteopatia e Ciclos de Vida.  É idealizadora da técnica de BIOINTEGRAÇÃO/ Sistema Integrado Craniossacral, associando os conceitos mais modernos de terapias naturais.

Mariana Mazzei
 
Renato Hikawa

Médico formado pela Escola Paulista de Medicina (EPM)/Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 2008. Residência médica em Dermatologia (2009 – 2011) e especialização senso lato em Dermatoscopia (2012) na mesma Instituição, onde desde 2013 atua como médico do Departamento de Dermatologia nas esferas de assistencialismo e educação (graduação e residência médica). É atualmente preceptor dos residentes do Departamento de Dermatologia da EPM/UNIFESP e também coordenador do ambulatório de Dermatite de Contato e membro do ambulatório de Dermatosocpia.


O interesse pela dermatologia surgiu pela possibilidade de acompanhamento de ampla variedade de indivíduos (crianças, adultos, idosos, homens, mulheres), diversidade de atendimentos (consultas clínicas, cosmiátricas, cirurgia, testes diagnósticos, procedimentos) e facilidade no reconhecimento de padrões para um bom diagnóstico dermatológico. Procura conciliar o trabalho com uma grande paixão: viajar pelo mundo afora. Também é grande apreciador das artes, principalmente cinema e teatro, de praticar atividades físicas e da gastronomia.

Fotografias por:  Kátia Ribeiro,  Bia Takata, Lela Beltrão, Marcelo Min, Cristiane Pereira e Carla Raiter / Acervo Casa Moara