• Giovanna Balogh

Gentle Birth: experiências positivas para o gestar, parir e nascer


Gentle Birth é um Método de Educação Perinatal que fornece para mães e parceiros(as) técnicas incluindo Mindfulness, terapia comportamental cognitiva, psicologia esportiva e hipnose, juntamente com ferramentas, informações e técnicas para se preparar para o nascimento mais positivo possível.

Trata-se de um treinamento cerebral que proporciona calma e confiança, otimizando a plasticidade cerebral na gravidez e no puerpério.

Para Marianna Muradas, instrutora GentleBirth que estará mensalmente na Casa Moara com workshops sobre o tema, "esse método funde dois mundos, gestação e neurociência, permitindo que a mãe se torne mais gentil consigo, mais informada sobre suas escolhas e emocionalmente no controle.".

Os workshops de GentleBirth na Casa Moara prometem conhecimento acessível para todos, promovendo acolhimento e construindo uma resiliência emocional muito poderosa para toda a vida dessa nova família que se forma.

"O que mais me encanta no método é que todo julgamento é trocado por observação", relata Marianna que também é Doula e Educadora Feldenkrais, uma abordagem somática que une consciência corporal e neurociência.

Nosso primeiro WorkShop de GentleBirth acontecerá em novembro!

18/11 das 13h às18h 19/11 das 9h às 15h30 Valor R$650,00 (divididos no cartão de crédito)

Link para inscrição

Marianna Muradas é a nova parceira da Casa Moara. Educadora Feldenkrais, Doula de parto certificada pelo DONA International, ela também ensina “Pregnant Pauses® Movement for Moms”. Possui certificação em “Rebozo Instructor for the Rebozo Connection” The Gena Kirby Method. Formada Instrutora Gentlebirth® em 2017, tem o propósito de promover suporte a indivíduos e famílias compartilhando com eles os vários benefícios da aplicação do método Feldenkrais® e a plenitude da sua existência pela experiência gentil e integral do nascimento.

#gentlebirth #partohumanizado #doulas

293 visualizações

Fotografias por:  Kátia Ribeiro,  Bia Takata, Lela Beltrão, Marcelo Min, Cristiane Pereira e Carla Raiter / Acervo Casa Moara