• Giovanna Balogh

Como preparar o períneo para o parto


A gestação provoca várias modificações no corpo da mulher. A medida que a barriga cresce também acontece uma flacidez e uma elasticidade maior do períneo.

A obstetriz da Casa Moara, Márcia Koiffman, explica que tudo isso é normal e acontece como um preparo para o nascimento do bebê. A recomendação, explica a médica, é começar um preparo da região perineal por volta das 34 semanas de gestação. "O preparo pode ser feito através de massagem perineal e o uso de um aparelho que ajuda no alongamento da musculatura chamado epi-no".

Já a obstetra Andrea Campos explica que o preparo ajuda também a mulher a ter mais consciência perineal para que consiga relaxar essa musculatura - ao invés de contrair - no momento do nascimento do bebê.

Além do alongamento feito com a massagem ou epi-no, a médica ressalta que é importante fazer um trabalho de fortalecimento na região não apenas para gestantes, mas para toda mulher. Independente se a mulher terá uma cesárea ou parto normal ou até mesmo se nunca pretende ter filhos, fortalecer essa região ajuda a evitar o enfraquecimento da musculatura perineal e prevenir incontinência urinária no futuro.

"Esse fortalecimento pode ser feito através da fisioterapia perineal, yoga e pilates. Os exercícios de Kegel também podem ser feitos desde o início da gestação e têm ótimos resultados". Nos exercícios de Kegel, a mulher contrai os músculos da pelve por alguns segundos e depois relaxa (como se fosse prender para fazer xixi). O ideal é repetir algumas vezes e pode fazer deitada ou sentada em atividades corriqueiras, como no trabalho ou no carro, por exemplo.

#parto #obstetras #obstetrizes #maternidade #perineo

1,233 visualizações

Fotografias por:  Kátia Ribeiro,  Bia Takata, Lela Beltrão, Marcelo Min, Cristiane Pereira e Carla Raiter / Acervo Casa Moara