Tem dúvidas sobre introdução alimentar? Oficina ajuda pais a fazer de forma tranquila

11/02/2019

 

 

A fase de introdução alimentar gera muitas dúvidas para os novos pais, mas ela não é um bicho de sete cabeças. É importante, no entanto, tirar as dúvidas e buscar informação para que o bebê inicie uma nutrição saudável e desenvolva autonomia para comer. 

A nutricionista da Casa Moara, Rachel Francischi, vai iniciar a "Oficina de Introdução da Alimentação Complementar" voltado para pais que querem entender mais sobre o assunto. "Conversaremos sobre a alimentação saudável, enfatizando aspectos nutricionais, biológicos, psico-motores e cognitivos e refletiremos sobre questões sócio-culturais que permeiam nossos hábitos e escolhas", comenta.

A profissional ressalta que é muito importante compreender a autonomia do bebê ao comer, seu comportamento, as expectativas da família e sociedade. "A quantidade de alimento necessária, bem como qual e como esse alimento irá ser introduzido trará segurança à família e possibilitará uma alimentação segura, eficaz e humanizada ao bebê", destaca a nutricionista.

 

Confira o conteúdo que será abordado:

 

  • O que significa alimentação complementar saudável?

  • Formação de hábitos alimentares. Mitos x verdades.

  • Grupos alimentares e seus principais nutrientes – compreendendo as reais necessidades do bebê nessa nova fase

  • O quê comer? Quanto? Quando e como introduzir os alimentos?

  • Frutas, legumes ou cereais? Calendários de introdução de alimentos?

  • Papinhas e/ou alimentos em pedaços?

  • Baby-led weaning (valorização da iniciativa espontânea dos bebês se alimentarem sozinhos) – prática (se possível)

  • Compreendendo o comportamento e as características do bebê na alimentação  (relação com desenvolvimento motor-cognitivo-sensorial-personalidade)

  • Alimentação segura e eficaz para um bebê é possível? O que a ciência refere sobre essa prática?

  • Como tornar o momento da alimentação mais recreativo: prática (se possível)

  • Dicas de receitas para a família: combinações de alimentos e valor nutricional, preparo, armazenamento e congelamento

  • Reflexões sobre os hábitos alimentares da família e respeito às preferências do bebê

  • Continuidade do aleitamento materno: como garantir a produção, técnicas de extração e congelamento do leite materno

  • Qual a melhor forma de oferecer o leite para o bebê quando a mãe está ausente (copinhos, mamadeiras, colheres e utensílios): reflexão sobre a maturidade sensório-motora-oral (prontidão, engasgos, cuidados nessa fase)

  • Aspectos práticos da introdução da alimentação complementar. Ansiedades, medos, dúvidas e a relação com o bebê

  • Organizando a rotina do bebê durante a fase de transição alimentar (horários, rotina, ritmo do bebê, trabalho da mulher)

 

MAIS INFORMAÇÕES

Além da mãe e do bebê, você pode trazer um acompanhante (pai, babá,  avó ou avô).

Duração:  Um encontro de quatro horas

Próxima turma: 16/03 das 14h às 18h
Investimento: R$ 450  (para confirmar a inscrição, é necessário o pagamento integral do valor)

Pode levar o bebê? Claro!

Inscrições: contato@casamoara.com.br ou telefones 5096-2316 e 99359-5976

 

QUEM OFERECE O CURSO?
Rachel Francischi - Nutricionista clínica pela USP, Mestre pela Unicamp, Nutricionista da ONU e Master Practioner em Programação Neurolinguística (PNL), Nutricionista da Casa Moara há 8 anos.

Maria Teresa Cera Sanches - Fonoaudióloga clínica, pesquisadora do Núcleo de Práticas em Saúde, Instituto de Saúde – SES/SP, Doutora em Saúde Coletiva/ USP, Mestre em Saúde Materno-Infantil /USP e Consultora do Ministério da Saúde.

 
Please reload

Siga a Moara

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Disciplina positiva; o que é e como colocar em prática?

November 12, 2019

1/10
Please reload

Em Destaque

Leia por Tema

Posts Recentes

Please reload

Fotografias por:  Kátia Ribeiro,  Bia Takata, Lela Beltrão, Marcelo Min, Cristiane Pereira e Carla Raiter / Acervo Casa Moara